Produtora pornô ameaça processar e revelar nome de usuários que baixaram vídeos ilegalmente


Se você é uma pessoa que gosta de baixar filmes pornográficos pela internet – quase a todos os homens que usam a rede – pode ficar preocupado, pois a produtora Hard Drive Productions irá processar todas essas pessoas que baixaram, de forma ilegal, o seu conteúdo.

Segundo informações, a produtora rastreou os endereços de IP dos usuários que baixaram ilegalmente os filmes via Torrent. Para não ser processado, o usuário precisa admitir que fez o download publicamente e pagar por eles. O grande problema em assumir, é revelar para todos que você gosta de baixar filmes pornôs pela internet, pois para manter o nome em sigilo, os acusados teriam que desembolsar mais uma grana.

A fundação The Eletronic Frontier Foundation –  que defende os direitos de usuários da internet - entrou com um pedido para que a justiça reconsidere a decisão, alegando que a Hard Drive está “querendo se aproveitar” da situação, além de que todos os acusados podem, sim, entrar com um recurso junto à Corte para exigir o anonimato nas investigações. Aguarda-se um novo posicionamento dos juízes até o final do mês.

A produtora tem o nome de 1.495 acusados, todos judicialmente obrigados a revelarem seus nomes.

Fonte: TechTudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário